A (IM)POSSIBILIDADE DOS DIREITOS HUMANOS NA ÍNDIA

O CASO DAS DALITS

  • Ana Thais Barreto Apoliano
  • Mônica de Lourdes Neves Santana
  • Anna Karollinne Lopes Cardoso

Resumo




A afirmada universalidade dos Direitos Humanos e sua aplicação apresenta-se de forma diferente nas civilizações distintas. A diferença está nos valores, nas concepções próprias e no privilégio dado aos direitos sociais. Este artigo consiste em um estudo de caso sobre a casta Dalit de forma a explorar a ideia de Direitos Humanos no Ocidente e na concepção Hindu bem como as questões inerentes à dicriminação social das mulheres intocáveis na sociedade indiana. Mostra-se o processo do estabelecimento de uma Constituição na Índia, a origem do sistema de classificação da sociedade em castas e como esse sistema hierarquizou a sociedade dando direitos e deveres diferentes a cada um. A hipótese alcançada foi de que a casta está se modificando, reinventando, se fortalecendo e enfraquecendo ainda que muito pouco as muralhas do patriarcalismo, do sistema de castas e do Estado. Assim, a reflexão feita diz respeito a necessidade de um debate em torno da (im)possibilidade da efetivação dos Direitos Humanos na Índia.




Publicado
2022-10-08
Como Citar
APOLIANO, Ana Thais Barreto; SANTANA, Mônica de Lourdes Neves; CARDOSO, Anna Karollinne Lopes. A (IM)POSSIBILIDADE DOS DIREITOS HUMANOS NA ÍNDIA. Revista do Instituto Brasileiro de Direitos Humanos, [S.l.], v. 22, p. 27-42, out. 2022. ISSN 1677-1419. Disponível em: <https://revista.ibdh.org.br/index.php/ibdh/article/view/469>. Acesso em: 07 dez. 2022.
Seção
Artigos