HUMANISMO E OS DIREITOS HUMANOS DE INDÍGENAS E NEGROS E A CONTRIBUIÇÃO DE FRANCISCO DE VITÓRIA DESDE SALAMANCA-ES

  • Racquel Valério Martins Doutoranda em Educação e Mestre em Antropologia de Iberoamérica pela Universidad de Salamanca.

Resumo




No presente artigo partimos do entendimento do humanismo acerca de suas distintas fases, bem como do surgimento dos Direitos Humanos a partir das necessidades oriundas das transformações sociais, ainda na Grécia Antiga e passando pelo surgimento do cristianismo, quando o ser humano pelo simples fato de ser humano é dotado de valor, e ainda levando em consideração os fatos históricos até um passado recente. Traçaremos um paralelo entre Direitos Humanos em geral e das minorias índios e negros, observando se há ou não diferenças. E por fim, destacaremos a figura de Francisco de Vitoria, e sua contribuição como fundador dos Direitos Internacional, Humanos e Ambiental, sendo um símbolo característico da cidade de Salamanca - Es, além de um modelo de mestre não só para os povos indígenas da américa, seu cenário para a defesa dos direitos desses povos, mas para todos os seres humanos.




##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Doutoranda em Educação e Mestre em Antropologia de Iberoamérica pela Universidad de Salamanca; Licenciada em Ciências Econômicas pela Universidade de Fortaleza - UNIFOR; Membro da ABS (Asociaàón de Ia Comunidad Brasilena en Salamanca) e do IBDH (Instituto Brasileiro de Direitos Humanos). 

Publicado
2016-11-24
Como Citar
VALÉRIO MARTINS, Racquel. HUMANISMO E OS DIREITOS HUMANOS DE INDÍGENAS E NEGROS E A CONTRIBUIÇÃO DE FRANCISCO DE VITÓRIA DESDE SALAMANCA-ES. Revista do Instituto Brasileiro de Direitos Humanos, [S.l.], n. 16, nov. 2016. ISSN 1677-1419. Disponível em: <http://revista.ibdh.org.br/index.php/ibdh/article/view/355>. Acesso em: 26 maio 2019.
Seção
Artigos